Nove Virtudes do Bosque

As Nove Virtudes, em nossa percepção pessoal, deveriam ser a base da fé céltica. E são elas que nos guiam nos estudos do Druidismo e da vida.

1. Verdade: é ser leal consigo mesmo, com os demais e com a comunidade. Cito o mito onde Manannán ofertou ao rei Cormac o Vaso da Verdade, um objeto mágico que se quebrava toda vez que uma mentira era falada e voltava a se recompor quando a verdade era dita.

2. Honra: é alcançada e mantida através da dignidade e do compromisso para conosco e para com as Três Famílias - Deuses, Ancestrais e Espíritos da Natureza.

3. Justiça: é manter-se centrado, reconhecendo que o mérito e o demérito, estão sob a mesma lei, ou seja, a colheita das suas próprias ações.

4. Lealdade: é ser fiel a você e está atrelado aos princípios de sinceridade, honra e verdade.

5. Coragem: é se manter íntegro em qualquer situação e enfrentar os obstáculo do caminho.

6. Generosidade: é ser nobre sem ser orgulhoso, é ser benevolente sem ser egoísta.

7. Hospitalidade: é o compromisso recíproco de se manter numa relação amistosa e equilibrada, tanto com os habitantes deste mundo como o do outro também.

8. Força: é a habilidade de estar em constante treinamento para fortalecer o corpo físico, mental e espiritual, e assim alcançar o equilíbrio devocional do guerreiro.

9. Perseverança: é o meio pelo qual mantemos a devoção e a motivação de continuarmos firmes na jornada entre os mundos.

As Nove Virtudes deveriam ser a base da fé céltica e pagã. A Verdade é ser leal consigo mesmo, com os demais e com a comunidade. Que assim seja!
 


Árvore da Vida – ADF

O Bosque Sagrado

Assim como a árvore do mundo,
O eixo central da vida,
Que das profundezas às alturas
Conecta a terra aos céus.

Rowena A. Seneween ®
Todos os direitos reservados.

"As três velas que iluminam a escuridão: a Verdade, a Natureza e o Conhecimento." Tríade irlandesa.