Céad mille fáilte!

CONSULTA DO ORÁCULO

Pesquisa
Menu Principal
LIVRO

BRUMAS DO TEMPO
Poesias, pensamento e ritos druídicos - livro na versão impresso ou e-book.
Vendas: clique aqui.
Links

Agradecimentos:
Aon Celtic Art
Licença Creative Commons

Loja Virtual

Aqui você encontra as melhores sugestões
e indicações de Livros, CD's e DVD's.

1 - 2 - 3
Voltar ao início

Luz sobre Avallon: Celtas e Druidas, Uma
Maria Nazare Alvin de Barros

A autora nos faz penetrar no maravilhoso e no fantastico, mas para isso é preciso que abandonemos a lógica racional e o tempo linear. Poderemos,então,ver o mundo arquetípico, onde habitavam os Druidas, seres mágicos. Celtas que tanto fascinam os ocidentais.


Druidas: Os Deuses Celtas com Formas de Animais, Os
H. D´Arbois de Jubainville

 

Os amantes da mitologia encontrarão algumas referências da origem do druidismo na hiperbórea, região localizada no Setentrião (Círculo Ártico), que faria parte do continente da Atlântida. Para os estudiosos, esta é uma obra importante sobre a cultura céltica e druídica, destinada principalmente àqueles que, esquecendo-se das modernidades da vida do cotidiano, conseguem mergulhar na música das florestas e ouvir o murmurar das corujas nos bosques de carvalho. Um histórico entre os druidas e celtas é descrito de forma muito interessante.


Druidas, Os
Ward Rutherford

Estudo sobre as características essenciais da Cultura Céltica, descrevendo suas práticas religiosas e mágicas, e toda a influencia que tiveram os Druidas desde o mítico Merlin, o Mago, até os dias atuais, na história e na imaginação literária mundial.

 


Deuses e Mitos do Norte da Europa
H. R. Ellis Davidson

Por perceber que, por vários séculos, as mitologias anglo-saxônica e viking acabaram sendo negligenciadas nas escolas e esquecidas pelos autores e estudiosos, a escritora e pesquisadora Hilda R. Ellis Davidson, acadêmica especialista no assunto, resolveu reunir os dados de sua pesquisa em um livro: Deuses e Mitos do Norte da Europa. Nesta obra são apresentados os mais importantes Deuses da guerra, da fertilidade, do céu, do mar e da morte, e também uma discussão das mais misteriosas e intrigantes figuras da mitologia escandinava, como Heimdall, Odin e Loki. A autora procura não somente relatar o dia-a-dia e os cultos dessas deidades da Era Viking, como busca esclarecer os motivos que levaram à substituição dessas crenças pela fé cristã. Deuses e Mitos do Norte da Europa é um livro que aborda a questão do folclore germânico e da religião cultural sob uma perspectiva séria, com linguagem vívida e descritiva. Um livro ideal para os estudiosos do assunto.


As Mais Originais Historias da Mitologia Galesa - Mabionogion
Carmen Seganfredo

Os Ramos do Mabinogi, fonte de inspiração para as mais variadas obras da literatura de fantasia, a riquíssima mitologia galesa inspirou a criação de incontáveis trabalhos literários de célebres autores como J.R.R Tolkien, Bernard Cornwell e George R.R Martin. Uma excelente síntese do manuscrito original e seus contos.


Cartas Rúnicas
Rosária Della Torre

Por meio das mensagens contidas nos símbolos das runas, você encontrará respostas para os momentos de dúvidas, incertezas e dificuldades. Contém um manual de instruções e 25 cartas rúnicas.




Druida Animal Oracle Deck - Importado
Felipe e Stephanie Carr-Comm

Os druidas reverenciavam os animais sagrados como guias, tutores e protetores. Este livro, belamente ilustrado, inspira-se na sabedoria dos antigos celtas, trazendo a cura e oferecendo o conhecimento intuitivo. À partir da interpretação das cartas e da sabedoria dada, você ganhará insights poderosos, além de receber orientações positivas para o futuro. Felipe e Stephanie Carr-Comm são Chefe e Escrivã da Ordem dos Bardos, Ovates e Druidas - OBOD - um dos maiores grupos druídicos internacionais. Acompanha 33 cartas. Apenas em inglês.


Religião da Grande Deusa, A
Claúdio Crow Quintino

O autor traça um retrato evolutivo da religião da Deusa, desde seus primórdios, advindos do período paleolítico, até a atualidade. O autor faz um apanhado das diversas influências que sofreu ao longo do tempo por meio de estudos históricos, mitológicos e geográficos.

 


 

Ilha chamada Brasil: o Paraíso Irlandês no Passado Brasileiro,
Geraldo Cantarino

De onde vem o nome Brasil? A resposta está na ponta da língua: vem de brasa e está associado à cor vermelha da madeira do pau-brasil, seguindo a definição do naturalista alemão Alexander Von Humboldt. Mas se tentarmos avançar na investigação da origem da palavra, vamos encontrar vários e tortuosos caminhos à nossa espera. Qual deles é o verdadeiro? Uma delas chama à atenção: Brasil teria origem no idioma irlandês; mais precisamente em Hy-Brazail ou Hy Brasil, uma antiga ilha no Atlântico. Essa porção de terra imaginária, cercada de água, lendas e sonhos por todos os lados, representou o Paraíso Terrestre, enfeitiçou navegadores e ludibriou cartógrafos, que a exibiram em cartas náuticas e mapas durante 500 anos de história. Uma ilha chamada Brasil é um mergulho no passado em busca dessa terra fabulosa e traz à tona o relato de uma fascinante viagem pelas brumas do tempo.


Poder do Mito, O
Joseph Campbell

"O Poder do Mito" é uma animada conversa entre o jornalista norte-americano Bill Moyers e seu entrevistado, o professor Joseph Campbell, uma das maiores autoridades mundiais em mitologia. Uma discussão sobre os mitos antigos e modernos que estão na base psíquica de todo ser humano.


Todos os Nomes da Deusa
Joseph Campbell

Neste livro são analisados os temas vigorosos, as raízes profundas e as inspirações mais intensas da humanidade. E, acima de tudo, ressalta o conceito fundamental que confirma a visão de Goethe: o Eterno Feminino nos impulsiona.

 


Druidas, Cavaleiros e Deusas - Estudos Medievais
João Lupi

Além de procurar atender a esta curiosidade, como diz o organizador João Lupi, por um lado visa ainda desfazer fantasias que podem caber na arte, mas não numa história rigorosa, e ainda desmontar preconceitos e idéias feitas e descabidas; e, por outro lado, estimular o estudo da imagética e das representações da mitologia (e de outras áreas) não só como um estudo relevante da contemporaneidade e da cultura atual, mas também como ponto de partida para a investigação da pré e proto-história e, ao recuar nas origens, fundamentar os significados e enriquecê-los com outros sentidos, mais originais. A competente e aberta abordagem científica interdisciplinar observada nos textos aqui selecionados e escritos há alguns anos, legitimam a sua publicação agora, pois continuam interessantes e atuais. Com a participação de Johnni Langer e Luciana de Campos.


Contos de Fadas Celtas
Joseph Jacobs

Esta coletânea cuidou de apresentar a diversidade, riqueza e colorido imaginativo da tradição oral celta. O leitor encontrará histórias de tom dramático, magia, encantamento, heroísmo e amor, como é comum em contos de fada. Mas, entre esses contos de tom tradicional, o leitor encontrará formidáveis histórias de tom humorístico, que indicam uma peculiar característica celta de criar habilmente heróis jocosos, brincar com eles e rir da força descomunal que os faz temíveis.


Mais Contos de Fadas Celtas
Joseph Jacobs

A tradição celta legou uma vasta quantidade de contos de grande valor pela qualidade e diversidade das histórias. Mais Contos de Fadas Celtas apresenta uma variedade desses contos. São histórias maravilhosas, sempre dotadas de encanto e magia, um mundo onde o trânsito para o reino encantado acontece por meio de uma passagem sutil. O herói atravessa uma passagem subterrânea totalmente escura e encontra uma terra maravilhosa, ou atravessa um denso nevoeiro e entra num mundo encantado onde presencia eventos maravilhosos e recebe dádivas, outras vezes é transportado por duendes para o interior de montes, e ali recebe prosperidade e riqueza, podem também receber malefícios se assim merecerem.


Mundo Real das Fadas, O
Dora Van Gelder

Nas páginas deste livro o autor se propõe a transformar esses adoráveis seres numa realidade igual à nossa. Mas é melhor, logo de início, deixar bem claro qual o motivo das vantagens especiais que se tem para tanto. Em primeiro lugar, tendo nascido no Oriente, o autor nunca foi desencorajado em suas observações sobre fadas, porque lá existem muitas pessoas que realmente as vêem, e muitas mais que nelas acreditam. Uma incrível aventura elemental.

 


Encanto dos Mundos das Fadas, O
Ted Andrews

Este livro nos ensina a entrar em contato com o universo de seres ocultos, do qual fazem parte os Elfos, Devas e Espíritos da Natureza.

 

 


Livro das Fadas, O
Francis Melville

Este é um guia encantador e fascinante da história das fadas e do seu papel no universo e nas nossas vidas. Aqui podemos encontrar mais de 50 espécies de fadas de todo o mundo, descritas com as suas características, atributos e com a explicação das suas raízes folclóricas.


Espíritos da Natureza, Os
C.W. Leadbeater

 Os espíritos da natureza são entidades fantásticas, dotadas de poderes sobrenaturais associados ao poder mágico da capacidade de imaginação. De todos os seres invisíveis, as fadas são as mais belas e dóceis criaturas. Acredita-se que elas têm o poder de interferir de forma mágica no destino das pessoas. Em sua essência, as fadas são estruturas abstratas de energia fluida, formada por condição astral, tão sensíveis quanto influenciadas pela emoção e pelos pensamentos. Apresentam-se como pequenos e belíssimos seres de asas diáfanas e roupas leves movimentando-se incessantemente. Pode-se dizer que são seres irracionais, poéticos, paradóxicos e muito sábios.

1 - 2 - 3
Voltar ao início

Indique esta página a um amigo! Preparar para Impressão 

Artigos do Site
Para o proveito daqueles que não estão familiarizados com o que fazemos na ordem ADF - Ár nDraíocht Féin, permitam-me explicar rapidamente nossa cosmologia e o que esperamos alcançar em nosso ritual.
O Ogham é um alfabeto oracular, de origem celta, encontrado na Irlanda e Grã-Bretanha. O nome das letras ogâmicas é "fid" (singular) e "feda" (plural) em irlandês antigo. No irlandês moderno são: "fiodh" e "feadha" - que são palavras traduzidas como "madeira" e "bosque".
A meditação é fundamental ao autoconhecimento, no aprofundamento do caminho druídico e no contato com o divino, para alcançarmos o equilíbrio físico, mental e espiritual.

Go raibh maith agat... Obrigado!