Xamanismo

O Xamanismo é a prática espiritual mais antiga do mundo.
John Matthews

O Xamanismo visa o reencontro do homem e o seu mundo interior com os ensinamentos e o fluxo da natureza. Sua origem é um conjunto de conhecimentos milenares que, através da tradição de tribos indígenas do mundo todo, foram sendo passadas até os nossos dias.

Esses ensinamentos são baseados na observação da natureza e seus sinais como: Sol, Lua, Terra, água, fogo, ar, animais, plantas, vento, ciclos e assim por diante. Podemos considerar o Xamanismo como a verdadeira arte de viver. Ao observarem o ciclo da natureza e suas manifestações, os antigos xamãs puderam perceber sua conexão com o todo. Desta forma, se abriram para o aprendizado daquilo que realmente somos e tornaram-se capazes de elevar a consciência para se relacionar com outras realidades e dimensões, assim como manter plena e perfeita a harmonia com a natureza, possibilitando a integração de seus corpos físico, mental, emocional e espiritual.

A prática do Xamanismo utiliza-se do trabalho com ervas, direções sagradas, rituais, jornadas xamânicas, contato com a natureza e seres espirituais, ritmos, música, dança, movimentos corporais, elementos básicos da natureza (água, terra, ar, fogo, cristais, pedras, argila, etc.), técnicas de cura e purificação dos nossos corpos, entre outras coisas. Atualmente, está havendo um resgate dos conhecimentos do Xamanismo, a fim de aplicá-los no dia a dia, buscando elevar a consciência e alcançar novamente o equilíbrio natural.

O Xamanismo tem como objetivos básicos reconectar o ser com sua sabedoria interior, além da conexão com a multidimensionalidade do ser humano, do poder pessoal e com seres espirituais, limpeza dos corpos físico e sutis, harmonização de ambientes, conscientização do aspecto espiritual de cada um e de sua inter-relação com a natureza e o planeta, ativação das habilidades de coragem, força e sabedoria para lidar com questões pessoais, curas e prevenção de doenças.

O conceito básico da cura Xamânica é que "Ninguém cura o outro. A cura está dentro de cada um”. Percebendo que os corpos visíveis são somente símbolos de forças invisíveis, onde antigos anciãos trabalham o poder divino através da manifestação dos reinos da natureza.

Quem pratica o Druidismo certamente já se deparou com o Xamanismo e a Cultura Celta. O escritor e pesquisador John Matthews em seus estudos, o levaram a desenterrar a ponte entre essas duas tradições.

Provavelmente, o Xamanismo Celta se perdeu por volta do século 6 d.C., através do advento do cristianismo, numa época em que tudo que era relacionado ao paganismo estava desaparecendo ou sendo obrigado a se esconder. Matthews sustenta, no entanto, que muitos dos primeiros exploradores cristãos eram xamãs, apesar de não se intitularem assim. Podemos dizer que o Xamanismo é a prática espiritual mais antiga do mundo e que há muitos aspectos xamânicos em várias religiões, ainda que estes não apareçam com frequência. "Numa certa época, era praticado no mundo inteiro", afirma John Matthews. Os elementos que definem o Xamanismo é a crença de que tudo é sagrado e divino.

"O xamã se torna uno com a natureza, com o planeta e se comunica com os espíritos dos animais e de todas as coisas que crescem". E isto, diz Matthews, é a linha mestra de todo o Xamanismo - seja ele norte-americano, siberiano, nórdico, brasileiro ou celta. É o que ele chama de "Core Shamanism", as principais práticas que presentes no Xamanismo de qualquer cultura. Sendo o centro deste caldeirão, o fogo do trabalho xamânico e a sua jornada em um Estado Xamânico de Consciência (EXC). Esses estados de consciência alterados constituem as chaves da compreensão de como, por exemplo, Carlos Castañeda nos fala de uma "realidade comum" e de uma "realidade incomum".

Os toques de tambor transportam o "viajante" a um transe onde ele encontrará seus animais de poder, guias e espíritos, que o levarão ao que é preciso ver, descobrir ou curar. É uma jornada para dentro, mas não exclusivamente interior. O acesso ao mundo espiritual que também está fora de nós, ainda que o vejamos sob o filtro da nossa própria realidade. 

"O transe xamânico restabelece a situação do homem primordial durante o seu êxtase, o xamã recupera a sua existência paradisíaca, que não estavam separados das divindades. De fato as tradições falam de um tempo mítico em que o homem se comunicava diretamente com os Deuses celestes." - Mircea Eliade.

As jornadas xamânicas estão presentes, também, na inspiração druídica, desde o uso de ervas de poder, o cachimbo sagrado, a dança, a música e a própria meditação. O transe como forma de êxtase é um grande facilitador para se conectar com o Outro Mundo e, assim, acessar o conhecimento ancestral.

Muitos historiadores, arqueólogos e antropólogos acreditam que a origem do Xamanismo encontra-se na Europa do final da Idade da Pedra, entre 30.000 e 20.000 a.C. e ressurge em nossa sociedade atual para ser aprendido e vivenciado novamente. Como descreve o antropológo Michel Harner: "Fundamentalmente, o conhecimento xamânico só pode ser adquirido através da experiência individual. Contudo, será necessário que se aprenda os métodos a fim de utilizá-los. E eles podem ser aprendidos de diversas maneiras. Por exemplo, entre os Conibo do Alto Amazonas, o "aprender com as árvores" é considerado um aprendizado superior ao que se tem por intermédio de um xamã. Entre os aborígenes da Sibéria, a experiência morte/renascimento era, com frequência, a principal fonte do conhecimento xamânico. Em certas culturas pré-letradas, há pessoas que respondem espontaneamente ao "chamado" do xamanismo, sem nenhum treinamento formal, enquanto outras treinam sob orientação de um xamã prático, em qualquer outro lugar, por um dia ou até por muitos anos." Que assim seja!

Fonte bibliográfica:
Adaptação do texto do Clã Lobos do Cerrado

Direitos Autorais
A violação de direitos autorais é crime. Lei Federal n° 9.610, de 19.02.98. Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon, entre outras proteções de propriedade intelectual, aos seus respectivos autores. Solicitações para reprodução devem ser feitas por e-mail .

Veja Também
Os Xamãs
Animal de Poder
Limpeza Xamânica

Templo de Avalon

http://www.templodeavalon.com/modules/mastop_publish/?tac=Xamanismo