Pesquisa
Menu Principal
LIVRO

Versão revisada 2020 ®
Informações: clique aqui.

Loja Virtual - Anam Mór ®
E-BOOK DO LIVRO

ADF
Grupo Filiado

Agradecimentos
Aon Celtic Art
Licença Creative Commons

Saudações a todos!

Sou Rowena A. Senėwėen, idealizadora do site e acredito que a jornada mítica se inicia na busca interior dos segredos adormecidos dentro de nós. A mente é o começo, as atitudes o objetivo final e a percepção, que vai além da lenda e do mito, elementos essenciais que nos conduzem à sabedoria e ao conhecimento.

Por entre fontes clássicas e acadêmicas, o nosso propósito é resgatar a espiritualidade dos druidas, através do estudo da História Antiga, Mitologia, Antropologia e Arqueologia, sob uma ótica Reconstrucionista, anterior a cristianização, relacionados ao Druidismo e a Cultura Céltica.

Estamos cientes que durante a busca destes ideais e do constante foco investigativo da pesquisa, temos o direito de mudar e alterar os textos do site, sempre que for necessário, para que estejam condizentes o máximo possível ao contexto histórico e arqueológico, tomando como base de estudos, principalmente, os mitos irlandeses e galeses, bem como o uso da mitologia comparativa.

O Druidismo moderno emerge das sombras à luz da inspiração!

Avalon é conhecida como a ilha das maçãs, o Outro Mundo, a ilha feérica que conecta o mundo profano ao mundo divino. Uma analogia aos arquétipos arthurianos que facilitam o nosso caminhar rumo aos Deuses, juntamente com o ciclo da natureza que percorre as estações do ano, concluindo assim, a eterna trajetória de vida, morte e renascimento.

Apesar das controvérsias entre fato e ficção, rudes guerreiros dos contos célticos são transformados em nobres cavaleiros e as heróicas buscas de testemunhos druídicos tornam-se aliados a força do mito e da lenda, ajudando-nos a divulgar o nosso Druidismo com seriedade e bom-senso.

A colina do Tor, em Glastonbury, representa o Annwn, a entrada do Submundo galês ao Outro Mundo, conhecido também como Caer Siddi, Ynys Afallach ou Avalon, a Terra do Eterno Verão. A Tir na nÓg dos irlandeses, cantada em verso e prosa por bardos e trovadores medievais.

Este espaço é dedicado a todos aqueles que buscam viver de maneira plena e em harmonia aos princípios da natureza, sendo que assim, que o poder do bosque sagrado renove as energias e reavive a esperança, outrora perdida em nossos corações, mas não como uma lenda morta e sim como um ideal vivo e realizável.

A magia está nas possibilidades ao se intuir qual o melhor caminho de volta para a casa. Então, peço que as brumas do tempo dêem passagem ao saber dos antigos... Abençoados por Céu, Terra e Mar!

"Embora muitas sejam as folhas, a raiz é uma só.
Ao longo dos enganadores dias da mocidade,
Oscilaram ao sol minhas folhas, minhas flores...
E agora posso murchar no coração da verdade."
William Butler Yeats, 1865 - 1939

Céad mile fáilte!

Círculos de Pedra

Somente a essência transcende o tempo linear,
Rumo à sabedoria da verdadeira fonte espiritual
Adormecida nos grandes círculos de pedra
Vibração da alma espiral
Clama a chama dos antigos ancestrais
Percorrendo as águas claras além-mar,
Aporta nesse momento presente
Para mais uma vez despertar,
Heróis outrora perdidos na memória
Daqueles que ousaram calar
Mas que por muitos se fizeram lembrar
Nobres sentimentos venham agora revelar,
Os segredos do visco consagrado
Abençoados pelo céu, a terra e o mar...
Resgatando o eterno ciclo sagrado
Onde a vida sempre sobrepõe à morte.

Rowena A. Senėwėen ®

Extraído do livro Brumas do Tempo
Todos os direitos reservados.


Indique esta página a um amigo! Preparar para Impressão 
Direitos Autorais
Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon : Caer Siddi e seus respectivos autores. Ao compartilhar um artigo, cite a fonte e o autor. Favor não alterar o texto. Para saber as referências bibliográficas e endereços de sites consultados na pesquisa dos nossos textos e artigos, clique aqui.

"O mundo está repleto de coisas mágicas,
 esperando pacientemente o crescimento
da nitidez dos nossos sentidos."
Poema de W. B. Yeats

Go raibh maith agat... Obrigada!
Rowena A. Senėwėen