Início Login     

Os Celtas

As primeiras referncias que temos dos celtas encontram-se na literatura grega, por volta de 500 a.C., onde habitavam uma vasta rea geogrfica, que inclua Frana e Espanha e que se estendia at ao Danbio superior, naEuropa Oriental. A datao arqueolgica dos achados no s confirma sua histria como tambm nos informa sobre o passado histrico dos celtas.

Existe uma cultura reconhecidamente pr-cltica em redor Danbio superior do ano de 1000 a.C. Contudo arquelogos defendem agora uma muito espalhada e gradual "celtizao" de culturas que existiam j na Idade do Bronze na Europa Setentrional e Meridional; assim, a Bretanha cltica podia mesmo remontar a 1500 anos a.C., quando a cultura de Wessex possua as caractersticas sociais heroicas em conformidade com os primitivos mitos clticos irlandeses.

Os celtas Hallstatt, europeus meridionais, Os celtascomearam cedo a explorar o ferro para ferramentas e armas e a expandir o seu territrio, primeiramente atravs da Europa, em direo Frana e Pennsula Ibrica, como afirmam os primeiros historiadores gregos. [O arquelogo Barry Cunliffe e o linguista Jon T. Koch, tm sugerido que as origens clticas aconteceram do Oeste para o Leste europeu durante a idade do bronze, por isso essa hiptese conhecida como a Celtizao do Ocidente.]

As tribos glicas fizeram, ento, incurses na Itlia romana e etrusca, tendo sido quase bem sucedidos ao sitiar Roma, em 387 a.C., e acabando por se estabelecer no vale do P (considerado o maior rio italiano).

A cultura cltica deste perodo conhecida como La Tne, nome de uma localidade na Sua que apresenta caractersticas tpicas da sociedade cltica do sc. V a.C. Muitos arquelogos veem La Tne como a primeira cultura verdadeiramente cltica e, por certo, este o povo que, a partir de ento, referido como os celtas pelos historiadores clssicos.

Uma expanso cltica posterior foi dirigida para o Sudeste da Europa, o Bltico e para a Turquia Ocidental. No sculo IV a.C. vemos Alexandre, o Grande, receber embaixadores clticos na sua corte na Macednia, e ouvimos dizer que, em 279 a.C., tribos clticas tentaram saquear o santurio grego de Delfos, a que se ops um miraculoso nevoeiro enviado pelo Deus Apolo.

Os gregos faziam distino entre os celtas orientais, a que chamavam Galatoi (Glatos originalmente da Glia), e os celtas da Europa Ocidental, a que chamavam Kelkoi. Os Romanos fizeram mais uma distino, chamando Galli (Gauleses) aos celtas franceses e Belgae (originalmente do que agora a Blgica) e Britanni (Bretes) aos celtas britnicos.

A Glia cltica tornou-se a provncia romana da Gallia, aps as conquistas de Jlio Csar, no sculo I a.C., e a Bretanha tornou-se a Britannia romana, no reinado do imperador Cludio, no ano 43 da nossa era. Possivelmente, a Irlanda nunca tenha sido invadida por Roma e com isso, os seus mitos tendem a preservar a cultura cltica histrica com mais pormenores.

Jlio Csar e outros escritores dos primeiros sculos a.C. e d.C. deram-nos relatos precisos da cultura e dos costumes clticos vistos por no-celtas. A principal particularidade que emerge a que se refere a pouca unidade entre eles: estavam divididos em tribos dirigidas por chefes que, ao que parece, mantinham lutas constantes entre si. Todavia, deve recordar-se que os romanos, provavelmente, encorajavam essas divises tribais nativas para facilitar as suas prprias invases. [A viso dos conquistadores].

Fonte bibliogrfica:
Introdução à Mitologia Céltica de David Bellingham

Rowena A. Senėwėen ®
Todos os direitos reservados.

Os Celtas: Definies e Crenas

A palavra Celta derivada de Keltoi e que os gregos antigos usaram para denominar as tribos europeias ao norte da Europa. Palavra que distingue diferentes culturas, assim como no passado foi usada para definir as diferentes tribos e no apenas a um povo especfico geograficamente delimitado.

O termo "celta" foi utilizado a partir do sculo 18, por antiqurios e historiadores. Portanto, para algo ser chamado de celta significa, que se desenvolveu e existiu numa cultura que fala a lngua celta. As culturas celtas, ao contrrio do que se diz, ainda existem. Atualmente, so considerados "celtas" os pases onde uma poro da populao fala algum idioma celta, fato que explica a designao dos "sete pases celtas": Irlanda, Esccia, Ilha de Man, Pas de Gales, Cornualha, Bretanha e Galcia. Ao passo que, se o critrio fosse a colonizao ou local primitivo dos celtas,muito mais pases entrariam nessa lista.

Temos dois principais troncos lingusticos da famlia celta: o Celta-P (goidlico) e o Celta-Q (britnico). O primeiro tronco conhecido como Galico e encontra-se na Irlanda (Eriu), Esccia (Alba) e Ilha de Man (Mannin).E o segundo tronco o Breto encontrado em Gales (Cymru), Cornualha (Kernow) e Bretanha (Breizh). Outros estudiosos tambm os distinguem em Celta Continental e Celta Insular.

Mapa do deslocamento dos Celtas na Europa - do Oeste para o Leste: a rea vermelha a regio sob influncia dos povos pr-clticos. A rea verde sugere uma possvel extenso na cultura "Hallstatt" em torno de 800 a.C. e a rea laranja indica a regio onde nasceu a cultura "La Tne" por volta de 450 a.C. [Atualizao baseada no curso "Os Celtas Histricos" ministrado por Lucas Macaw e Andr Soares, em 2018].

Muitas tradies tm permanecido vivas em reas onde o idioma celta ainda falado. Porm, na maioria dessas reas, os antigos costumes tm sido revividos ao mesmo tempo em que a cultura vem sendo resgatada. Nas ltimas dcadas, os governos da Irlanda e a Esccia vem tentando criar reas novas na lngua galica. O Pas de Gales busca sua herana cltica h anos, e na Cornualha a lngua nativa que estava extinta, renasceu.

A cosmoviso comum s comunidades que falam o idioma cltico, como o galico e o breto, so as que oferecem maior correspondncias nas crenas, na espiritualidade e nas tradies. Os grupos que se denominam celtas por motivos religiosos, polticos ou por qualquer outra questo isolada da cultura, no tero jamais compreenso do mundo celta. Por exemplo, um brasileiro que fala galico compartilha muito mais da cultura cltica, do que um nativo irlands que no fala o galico irlands (gaeilge).

O termo celta seja ele galico ou breto no se refere raa, pois no existe o chamado "sangue celta". Celta uma classificao cultural que no tem nada a ver com gentica ou pureza racial. Tomando os gauleses como exemplo, povos de muitas reas como fencios, semitas e ilrios estavam reunidos nas terras que deram origem ao povo gauls.

O uso da terminologia cltica como pano de fundo para problemas polticos, alegando pureza racial puro "marketing", e que no encontra embasamento histrico nenhum. O mesmo pode ser afirmado no que diz respeito associao do termo a reivindicao de pureza e extremismo racial.

Nas ltimas dcadas as pessoas buscam restabelecer a ligao com suas razes culturais e idioma nativo. A maioria das informaes presentes na "espiritualidade celta" nem sempre so referentes s culturas celtas, mas a materiais modernos de mitos da idade mdia e do romantismo europeu. Chamar algo de "celta" quando no parte da cultura celta errneo, do mesmo modo que selecionar um aspecto dessa e de qualquer outra cultura dissoci-la do restante do contexto no qual ela inserida.

A religiosidade celta permeia a cultura celta e ambas se completam em vrios aspectos. Neste aspecto h uma enorme desconexo histrica e um completo desleixo com a memria mtico-religioso das comunidades celtas. As tradies clticas tornaram-se to estrangeiras para seus descendentes quanto para outras pessoas de culturas diferentes. At mesmo no Reino Unido, muitas pessoas no tm acesso ao conhecimento tradicional devido ao crescimento das cidades, o avano da tecnologia e a transformao da sociedade.

No entrelaamento entre a religio e a cultura, podemos afirmar que qualquer um que fale galico possivelmente saiba mais da religiosidade celta do que um irlands, uma vez que a lngua oferece a imerso dentro dessa cultura. Essa comparao bem entendida se trazida para a nossa realidade, onde um ingls que fale a lngua tupi saiba mais sobre a religio e a cultura indgena do que ns.

Toda religio celta ps-moderna que floresceu distante dos territrios clticos questionada por esse bloqueio lingustico. Um elemento importante para segui-la tentar se conectar a lngua original. Porm, uma pessoa nascida em qualquer regio do planeta pode ser considerada celta se dominar o idioma e sua cultura, uma vez que sabido que foi a lngua a maior semelhana entre as tribos celtas. Alm disso, existe um compromisso transcendente e inerente ao aprendizado da lngua com seus Deuses para tentar mant-la viva. Como o idioma nativo da Irlanda, que guarda na sua memria os contos folclricos, lendas, costumes, canes, oraes e os mitos dos seus ancestrais.

Reflexes sobre os Celtas

Para compreender a mitologia cltica preciso entender sobre os povos que deram origem a ela. A denominao genrica "celta" no define um povo ou raa, como costumamos entender essa palavra, mas de forma moderna se refere a um vasto nmero de tribos diferentes e espalhadas por diversos pases europeus, que apesar da disperso geogrfica guardavam entre si fortes semelhanas de cunho social, religioso, mitolgico e lingustico.

Os celtas eram tribais e possuam vrias divindades em particular, s vezes, Deuses "maiores" e "menores" eram compartilhados por tribos vizinhas. Ao se fazer um apanhado geral, para que possamos compreender a variedade de suas divindades, seres sobrenaturais, heris, valores e costumes - voltados tanto agricultura como s artes - precisamos estudar a histria, os mitos e o folclore.

Alm da interpretao mtica, devido s diferenas regionais, existe o agravante desta cultura ser exclusivamente oral, uma vez que estes povos no deixaram nada por escrito, o que justifica a sua complexidade e variaes. Tendo todos esses conceitos previamente compreendidos, pode-se pensar ento em conhecer os Deuses Celtas em sua vasta natureza, sem tentar compar-los com outros sistemas politestas. Dentro dessa viso, os celtas tambm eram considerados como grandes guerreiros que no temiam a morte, pois acreditavam na vida no Outro Mundo. Um exemplo na arqueologia que refora essa crena o "culto cabea" que est no centro religioso histrico em Roquepertuse, no sul da Frana.

Portanto, ao contrrio dos greco-romanos, no procure nos Deuses Celtas arqutipos somente como "do Amor ou da Guerra", eles no so personificaes de funes ou virtudes somente. Sabemos que os Deuses possuem vrias funes e atributos diferentes, podendo ser de proteo e destruio ao mesmo tempo. No incio, essas peculiaridades dificultam o aprendizado, mas em contrapartida, proporcionam um imenso prazer a quem persistir no estudo e na pesquisa sobre maravilhosa cultura. Que assim seja!

Fontesde pesquisa e estudo:
Vrias referncias sobre os Celtas: The Celts
Os Celtas: Da idade do bronze aos nossos dias John Haywood

Rowena A. Senėwėen
Todos os direitos reservados.
(Texto atualizado em 08/04/2021)

Direitos Autorais

A violao de direitos autorais crime: Lei Federal n 9.610, de 19.02.98. Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon : Caer Siddi e seus respectivos autores. Ao compartilhar um artigo, cite a fonte e o autor. Referncias bibliogrficas e endereos de sites consultados na pesquisa, clique aqui.

"Três velas que iluminam a escuridão:
Verdade, Natureza e Conhecimento."
Tríade irlandesa.

Go raibh maith agat... Obrigada!
Rowena A. Senėwėen