Céad mille fáilte!

CONSULTA DO ORÁCULO

Pesquisa
Menu Principal
LIVRO

BRUMAS DO TEMPO
Poesias, pensamento e ritos druídicos - livro na versão impresso ou e-book.

Informações: clique aqui.
Links

Agradecimentos:
Aon Celtic Art
Licença Creative Commons


A Voz da Macieira

Enviado em 30/05/2012 (2282 leituras)

Macieira tão sábia veio me despertar...
Ela em sua forma de Mãe,
Voz doce e suave...
Despertou-me para uma nova consciência,
Os Sagrados segredos do feminino.
O amor que nutre...
A canção silenciosa ecoando em todo o meu Ser,
Sagrada é a sua música que me conecta com o seu espírito,
Sagrado é o teu fruto que alimenta a minha alma,
Sagrada as suas fases e seus ritmos,
Sagrada a sua dança em espiral,
Seus troncos que me tocam,
Entrego-me em suas folhas...
Suas raízes... A minha força em forma feminina.
Senhora dos mistérios profundos,
Os portais se abriram e por alguns instantes, pude estar em seu Reino.
Lições me foram passadas e outras reveladas...
Guardo seus ensinamentos com gratidão de poder passar adiante...
Honrando os seus mistérios, reverencio a Mãe Macieira.
O feminino tocando o meu ventre e sentindo o seu pulsar...
Macieira que em poucos minutos pode me revelar...
A sua dança vem para curar e equilibrar...
O amor para despertar a doçura de cada alma,
O feminino sagrado que gera os bons frutos.
Eu sou você e você sou Eu...
Desperta minha menina...
Meus braços agora estão a sua espera...
Venha conhecer o meu Reino...
E direi os mistérios... O que lhe faz pensar e sentir a ilha sagrada?
Sim, sou Eu lhe esperando...
Macieira de muitos encantos e amor...
Ouço a sua voz em mim, Sagrada Macieira...
Sementes germinaram... A Dança da fertilidade!



Compartilhando vivências

As minhas conexões com a Majestosa Macieira aconteceram todas em vivências, em meditações, chás... Essa conexão foi permitida quando "despertei" para um de meus propósitos. Desde então, ela vem me guiando. A Macieira é o meu livro natural e prático, uma ligação direta com o meu SENTIR, sempre me ensinando e orientando como agir.

Vivenciei momentos aos quais poderei desfrutar futuramente, a transformação é algo que pulsa dentro do nosso Ser em essência; quando bate forte, lembra um tambor cheio de sentimentos e emoções.

Começamos a ouvir os sons que estão dentro de nós e nossos olhos ficam mais claros, como se tivesse tirado um véu... A intuição aguça, pois nos mostra um caminho que sempre esteve presente no "velho mundo". Os Ancestrais tinham essa conexão com as Árvores, vários ensinamentos e missões eram passados através da "Voz das Árvores".

Uma conexão que conseguimos quando estamos abertos e em sintonia com a Natureza, passando mais tempo com ela, conversando, meditando, ouvindo os seus sons... Então, de braços abertos fui ao seu encontro, quando ela me colocou nos seus braços, senti sua imensidão, sua grandeza e, também, a de todas as Árvores que nos sustentam.

Sentindo o calor me aquecendo, as folhas me acariciando... A sua voz doce e suave, conversava comigo com firmeza. Sagrada Macieira, gratidão por estar comigo inspirando o meu caminho. Sinto a sua presença forte, sábia em meu Ser...

Em cada respirar...
Em cada Amanhecer...
Em cada Semente...
Pois agora somos UMA.

Bênçãos de Fertilidade /|\

Representação Ogham Quert-Apple - Macieira

A macieira representa uma escolha de beleza, a beleza da vida e a juventude plena. Está ligada a Avalon ou a Terra Mágica das Maçãs.

Existe um poema Galês chamado "Avellenau" onde Merlim, secretamente, revelou ao seu senhor a existência de um pomar que era transportado de lugar em lugar, para encantar todas às viagens. Ao ignorante, no entanto, não era permito comer desta fruta, porque dentro da maçã continha o formato do pentagrama. Corte perpendicularmente a maçã e os seus segredos serão revelados da forma e na forma.

Avalon ou ilha das Maçãs (Aval = maçã) é o nome da ilha mítica, onde o Rei Arthur foi conduzido para junto de sua irmã Morgana, a fim de ser curado das suas feridas mortais. É aquela ilha onde está o paraíso dos Deuses e Heróis Celtas, o lugar onde se encontram as macieiras da sabedoria que confere imortalidade aos que nela chegam. Em várias mitologias, a macieira é considerada sagrada e venerada como "Árvore do Conhecimento", a regeneradora.

Que assim seja!

Por Alëssah Lunna
Poetisa, Vocalista e Dançarina (Dança do Ventre). Dançar é a minha mais profunda inspiração e a exteriorização do meu espírito.

Alëssah, Sacerdotisa da Terra
www.alessahceltic.blogspot.com

E-mail:
alessahceltic@gmail.com

Para ler os artigos de Alëssah Lunna, clique aqui.
Direitos Autorais
A violação de direitos autorais é crime: Lei Federal n° 9.610, de 19.02.98. Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon e seus respectivos autores. Solicitações para reprodução devem ser feitas por e-mail. Ao compartilhar um artigo, cite a fonte e o autor. Obrigado!

Comentários:

Fáilte... Cadastre-se para comentar | Login

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Go raibh maith agat... Obrigado!