Pesquisa
Menu Principal
LIVRO

BRUMAS DO TEMPO
Poesias, pensamento e ritos druídicos - livro na versão impresso ou e-book.

Informações: clique aqui.
Links

Agradecimentos:
Aon Celtic Art
Licença Creative Commons

SmartSection is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of INBOX Solutions (http://inboxinternational.com)

Publicado por Rowena em 15/3/2012 (3658 leituras)

Uma meditação poética, uma poesia ao meditar... A oração é uma forma de gratidão em ação!

Práticas de oração e devoção são essenciais à vida espiritual druídica. Recitadas em voz alta ou silenciosamente, a oração flui através de uma conversa sincera com os Deuses, que também pode ser aos ancestrais ou aos espíritos da terra, para agradecer as bênçãos do dia, o alimento sagrado ou a força para enfrentamos à jornada.

A vibração da palavra entoada, tal como um mantra, cria uma forte energia de comunhão com o divino, emitindo irradiações de amor e reciprocidade entre os mundos, ao ponto de despertar a consciência para a grandiosidade do cosmo em nós, tal como uma pedra ao ser atirada nas águas calmas de um lago, criando ondulações que vão aumentando gradativamente em torno do centro. Assim funciona a oração, ao romper as barreiras do imaginável.

A oração também pode ser direcionada aos Deuses patronos de afinidade, conforme nossas necessidades que mudam com o passar do tempo ou aos Deuses regentes da estação. As orações não precisam ser limitadas, cada um de nós é livre para criá-las, seja durante as práticas diárias ou nas celebrações do ano.

Geralmente, pensamos que orar não é apenas um ato de agradecer, mas uma troca com as divindades, que além de expressar o sentimento de gratidão, também nos ajuda a manter o equilíbrio físico, mental e espiritual. Podemos proferi-las também em suas línguas de origem, mantendo a força da vibração da palavra original como acontece, por exemplo, no Budismo ou no Reconstrucionismo Celta, que busca resgatar as línguas celtas, e até mesmo buscar fontes, por exemplo, nos textos do Carmina Gadelica ou compor uma oração através da sua própria inspiração.

Particularmente, adoro o gaélico, apesar de ainda estar longe de conseguir recitar alguma oração completa nessa língua, mas ainda chego lá! Por enquanto, faço meus agradecimentos de forma espontânea, que em comum com o Endovelicon, utilizo a oração Altú Págánach (Bênção Pagã), só que na versão traduzida:

"Na presença do meu povo,
Desde o começo da vida,
Na visão dos Deuses
E dos não-deuses,
Em homenagem à imensa
Generosidade do universo,
Eu agradeço a minha parte."

Outro ponto que acho importante citar é a mania que as pessoas têm de querer rezar para alguém. Isso é algo bem delicado e acaba criando a imagem de que a outra pessoa é fraca ou incapaz de rezar por si só, fazendo-a parecer um mero coitadinho, além de entrarmos naquele velho campo da dualidade, entre o "bem e o mal", que não existe na nossa percepção, pois o que pode ser bom para um, não é necessariamente para o outro. Mas isso não significa que você não pode mandar vibrações à outra pessoa, quando necessário e se for do agrado dela.

Então, pratiquem e façam suas orações do coração e se expressem livremente em voz alta, mas como diz a minha mãe: rezem só não gritem, pois os Deuses não são surdos! - (risos).



Rowena Arnehoy Seneween ®
Pesquisadora da Cultura Celta e do Druidismo.

Website:
www.templodeavalon.com
Brumas do Tempo:
www.brumasdotempo.blogspot.com
Três Reinos Celtas:
www.tresreinosceltas.blogspot.com
E-mail:
rowena@templodeavalon.com

Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo
0 Comentário(s)

Direitos Autorais

A violação de direitos autorais é crime: Lei Federal n° 9.610, de 19.02.98. Todos os direitos reservados ao site Templo de Avalon e seus respectivos autores. Ao compartilhar um artigo, cite a fonte e o autor. Referências bibliográficas e endereços de sites, usados na pesquisa dos artigos, clique aqui.


Navegue pelos artigos
Artigo prévio Próximo artigo
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.


Go raibh maith agat... Obrigado!